50 milhões num apartamento

As fotos mostrando malas cheias de dinheiro, no apartamento de um ex-ministro dos três últimos governos, demonstra o descontrole das finanças públicas, pois o dinheiro pode ter origem nos lucros da Petrobrás, ou outro ente público por onde os políticos conseguem se encostar.

Enquanto os Estados penam por falta de recursos, Brasília tem outra dimensão de gastos, com enormes valores sendo desviados para contas particulares e benesses dos governantes com aliados para manutenção do poder.

Infelizmente nossos bolsos é que arcam com as despesas e desvios da corrupção, principalmente quando pagamos cinco reais pelo litro da gasolina, enquanto os administradores da Petrobrás são denunciados por roubarem bilhões para pagarem as campanhas eleitorais e despesas particulares.

Cada centavo que acrescentam em nossas compras pode ser desviado para uso particular dos poderosos, basta ajustarem de que forma chegará aos beneficiários da propina, pois malas, mochilas, bolsas, sacos plásticos podem transportar dinheiro público desviado para mãos sujas.

Agora que ministros do Supremo Tribunal Federal também aparecem nos esquemas de benefícios da corrupção e somam-se ao presidente Temer e líderes do Congresso, realmente a corrupção conseguiu atingir toda a estrutura que deveria preservar os bens públicos.

Há centenas de denúncias envolvendo integrantes do governo e aliados, muitos beneficiados pelo foro privilegiado, com processos que se arrastam por anos, além de termos um sistema judiciário cujos integrantes da mais alta corte são indicados pelos presidentes, normalmente por terem laços de amizade com os líderes nacionais.

Resta para nós, povo brasileiro, acreditar que a honestidade e condutas corretas sejam características presentes, nos próximos governos, na totalidade daqueles que são pagos com nossos impostos para defender a sociedade e melhorar nossas vidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *