Acomodação

         Alguém tem dúvidas de que a justiça termina quando inicia a ação dos Tribunais Superiores do País; de que o STF não faz falta; que tudo deve ser julgado na paróquia com Côrtes formadas por um magistrado, ladeado por dois cidadãos das comunidades consideradas; que se desperdiça muito dinheiro com essa falácia de ampla defesa, cara aos cofres públicos e que, via de regra, serve para salvar bandidos de todas as matizes; que a Justiça Eleitoral devia julgar todas a denúncias no ato e fim de conversa; que jogam dinheiro que falta na saúde, na educação e na segurança para defender ritos que inexistem no Primeiro Mundo; que dentre tanto que se poderia falar, vivemos o desencanto de tudo isso saber e nada poder fazer, porque até a mídia ajuda a dar curso a todo esse descompasso.

        Para quem leu ZH e viu as projeções e prospecções dos Partidos do RS para eleições e sucessão, o quadro é por demais deplorável e tudo não passa de como manter os mesmos ineptos, incapazes que surfam em boas ondas com votos que tiveram o mesmo preço País afora. Será que não seria por demais constrangedor irmos às urnas para eleger um novo Chefe do Poder Executivo, ao invés de um Governador que realmente governe a todos sem a tibieza e se assiste, punindo seus súditos com desmanches da estrutura do Estado, humilhando com atrasos salariais e saudando e temendo o andar de cima – o Legislativo e o Judiciário, assim como devedores contumazes e o fisco não lhes vê de maneira alguma. Se nada disso sensibiliza, dói, corrói, que se conduza os mesmos a esse fausto emprego, onde veremos Senadores gaúchos pouco devolvendo, mas em via de aposentar-se como ta. Oito (8) 8 anos é demais, 16 anos é acinte…

       Olha pro teu lado, para teu bairro, para tua empresa, para teu emprego, para tua cidade, para tua confraria, ONG, Clube de Serviço, Social, Esportivo, Recreativo e vê se nada temos de melhor do isso que se estampa, ou a página 10 da Zero Hora seguirá fazendo a convenção dos partidos, que te negas a participar! Olha meus amigos, nosso Estado tem gente muito qualificada e proba para seguirmos abonando algumas figuras públicas, cuja imagem fala por si, basta apenas prestar a atenção e se nada concluir-se, se informe sobre sua produtividade até aqui e com quem se ligam na política. Até o Operação Rodin – roubo do DETRAN, se imaginava que o RS contava com políticos imaculados. Claro, não deu em nada, ou ao menos o que se esperava, apenas se viu que a Justiça, para alguns tarda, tarda, tarda muita e até oportuniza o esquecimento, mas para o andar de baixo mesmo que tarde, dificilmente falha!

       É por demais sabido que a nossa acomodação do presente,  gera muitos dessabores no futuro e, como a vida é sempre para a frente, em atos contínuos, muitos deles irreparáveis, importa que decidamos quanto ao nosso papel: atuar, saindo da nossa zona de conforto ou entrando em campo, vestindo a camiseta e fazendo boas apostas, pois em muitos campos da atividade humana podemos contribuir, efetivamente, para que mudanças se operem, mesmo que possamos até julgar pequeno o nosso contributo, mas por certo, será muito maior que a omissão da maioria.

CurtirMostrar mais reações

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *