Bianchini consegue apoio de lideranças partidárias para aprovação de sua proposta em relação aos Militares Estaduais

Na reunião do Colegiado de Líderes ocorrido ontem na Assembleia Legislativa, o deputado Bombeiro Bianchini contestou a contra proposta do governo de 04 anos de interstício na promoção de 2º para 1º Sargento. Salientou os prejuízos que acarretariam aos 3º Sargentos e Soldados mais antigos, frustrando-os na expectativa de ascensão na carreira, também chamou a atenção para o arroxo que os Soldados e 3º Sargentos vem sofrendo há 20 anos em função do plano de carreira, impedindo-os de progressão regular na carreira. Pediu o apoio dos líderes partidários para sua proposta de 03 anos de interstício na promoção de 2º para 1º Sargento e prontamente teve o apoio de dois partidos da base do governo: PP e PSB e de dois partidos independentes: PDT e PTB. Com estes apoios externados obrigou a base do governo a apresentar nova proposta reduzindo o interstício para três anos, conforme desde o início defendeu o deputado.
Não é o que muitos colegas esperavam, mas foi o possível avançar em relação à proposta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *