Cavalo Burro

Publicado no jcb 228, Outubro de 2014.

Certo Major, cavalariano convicto, portanto incomparável amante da prática do hipismo, preparou-se para importante competição hípica a ser realizada num dos Regimentos da Brigada Militar.

Para ocasião, ajeitou como nunca o seu fardamento, lustrou as botas impecavelmente, a fivela do cinto era um espelho, pôs seus inseparáveis óculos “Ray ban” e foi para a pista.

Elegantemente postado sobre a sela, dirigiu-se aos juízes da competição e fez a apresentação de praxe. Sua atitude e postura era tão elegante que causou um OH! de admiração na volumosa plateia que assistia a competição.

Começou a pista. Saltou o primeiro obstáculo com tanta altivez, que um novo OH! foi fartamente pronunciado.

Dali, foi para o segundo obstáculo, saltou-o e inusitadamente, o soar de uma sineta indicou a suspensão do percurso do invejado cavaleiro. Imediatamente, um dos jurados da prova anunciou:
– O cavaleiro está desclassificado por ter errado o percurso da prova, saltando obstáculos errado.

Perdendo o porte elegante e  batendo com o “pinguelim” na cabeça do cavalo ao mesmo tempo que acionava as esporas, disse alto e em bom som o nosso cavaleiro que, por ter a boca ligeiramente torta, chiava nos “esses”, emitindo os sons pelo canto dela:

– Cavalo desgraçado, errou a pista!

1 - Cel afonso Capa (Small)

 

 

 

 

 

 

 

Cel Afonso Landa Camargo

aafonsolc@gmail.com

Outros textos do autor em:
http://www.abcdaseguranca.org.br/?cat=132