A corrida do “Bem”, em Vacaria, será na data de quatro de dezembro “Inscreva-se”

A atuação permanente na prevenção às drogas

 com-abreu-2
João Carlos Pinto de Abreu
Comissário de Polícia – 25ª  DPR

17  outubro 2016  –  jcarlos-abreu@policiacivil.rs.gov.br

Veja todas as colunas do Comissário Abreu

 

Acontecerá no dia 04 de Dezembro em Vacaria a 2ª Corrida do Bem – Campos de Cima da Serra. O evento é comemorativo ao dia da Polícia Civil, 03 de dezembro, que completará 175 anos de história, e ao dia nacional da Perícia Criminal, 04 de dezembro.

O objetivo é a prevenção ao uso indevido de drogas, promovendo a qualidade de vida através do esporte, difundir a prática da corrida de rua, integrar os corredores num evento de cunho social, esportivo e de lazer, despertando os atletas para a importância de uma atividade física saudável.

corrida-do-bem-2016-2

Equipe Organizadora do Evento

A corrida está sendo organizada pela Polícia Civil (PC), Instituto-Geral de Perícias (IGP), Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer, Conselho Municipal sobre Drogas (COMAD) e grupo de corrida e caminhada LET’S RUNNER.

São esperadas centenas de pessoas para a corrida, que desta vez terá dois percursos, um  de 5 e outro de 10 quilômetros, além de uma mini rústica kids para crianças de 02 a 13 anos, de caráter participativo.

Serão disponibilizadas aplicações de massagens, verificação da pressão arterial, alongamento e aquecimento aos atletas, água, banana, maçã, brinquedos infláveis para as crianças, música, zumba, segurança e diversão.

Segundo o presidente do CONSELHO MUNICIPAL SOBRE DROGAS – COMAD,  o evento esportivo, visando a prevenção às drogas e incentivando a saúde, foi incluído no calendário do município, destacando que a ação esportiva só é possível graças aos apoios das diversas instituições e órgãos do município. Haverá premiação aos primeiros colocados e medalha de participação a todos que concluírem o percurso. As inscrições serão gratuitas e limitada e podem ser feitas através do e-mail: corridadobemvacaria@gmail.com ou no Posto de Identificação do IGP.   Equipe Organizadora do Evento

 17  outubro 2016  –  jcarlos-abreu@policiacivil.rs.gov.br

Veja todas as colunas do Comissário Abreu

banner-cmissario-abre

DROGAS, PRECISAMOS FALAR SOBRE ISTO

A atuação permanente na prevenção às drogas

 com-abreu-2
João Carlos Pinto de Abreu
Comissário de Polícia – 25ª  DPR
É importante que se esclareça que há três níveis dentro da dependência química e temos que diferenciar o que são eles:
É o uso, abuso e a dependência. O uso ou experimentação de psicoativos ocorre na freqüência de até cinco vezes durante a vida e, portanto, não apresenta conseqüências nas diversas dimensões da vida do indivíduo.
O abuso é considerado quando acontece mais de seis vezes no mês, pode acontecer em pessoas que recém iniciou o seu uso com repercussões em longo prazo. O abuso pode evoluir para a dependência.
Para identificar se ocorre a dependência, deve-se avaliar as repercussões do consumo na qualidade de vida dos usuários. Em qualquer das situações de uso, abuso ou dependência, a intoxicação pode acontecer em função da dose.
Quando acontece a diminuição da substância no sistema nervoso central, ocorre a abstinência.
As conseqüências desse uso, por parte dos adolescentes, e que merecem atenção dos pais, dizem respeito às dificuldades de comunicação e ao distanciamento afetivo que ocorre no âmbito da família, e também à possibilidade da marginalização desses adolescentes decorrente do uso de substâncias ilícitas, por isto PAIS procurem falar com os seus filhos antes que um traficante fale. 

 

10  outubro 2016  –  jcarlos-abreu@policiacivil.rs.gov.br

Veja todas as colunas do Comissário Abreu

 

banner-cmissario-abre

Comissário de Polícia 
25ª  Delegacia de Polícia Regional
Membro do Conselho Municipal sobre Drogas – COMAD
telefone: 54 3231 2931

DISQUE-DENÚNCIA – Nº 181